menopausa

Menopausa: 5 dicas para se adaptar à essa nova fase da vida

A menopausa é um período um tanto temido por grande parte das mulheres. Ainda que seja uma fase totalmente natural, é comum que se tenha receios em relação à ela, especialmente por ouvir tanto sobre os sintomas e desconfortos que surgem nessa época.

Mas, se você está se aproximando ou já chegou neste período, não há razão para medo ou preocupação: é uma questão de adaptação, e pode ser mais simples do que você pensa.

Como se adaptar às mudanças da menopausa?

Algumas dicas podem ajudar bastante a levar essa fase da vida com mais leveza e facilidade. Confira:

1. Aproveite a mudança para transformar seus hábitos

Além de todas as mudanças corporais, entrar na menopausa indica o início de uma nova fase da vida da mulher, o que tem seus efeitos emocionais e psicológicos. Trata-se de algo completamente normal, é claro!

Em lugar de interpretar a mudança de uma forma negativa, uma boa forma de enfrentar os sintomas e seguir com qualidade de vida é deixar para trás os hábitos não saudáveis. Aproveite todas as transformações para mudar sua rotina para melhor. Isso inclui deixar de fumar, evitar o excesso de bebidas alcoólicas e apostar em uma alimentação mais balanceada. Começar um novo hobbie e focar nos exercícios físicos (se já não incluídos em seu dia a dia) são atitudes que só trarão benefícios.

2. Trate a fase com naturalidade

A menopausa não é nenhum “bicho de sete cabeças”, e nem razão para apreensão ou pudor. Ter essa consciência auxilia de forma significativa na adaptação às mudanças. Tenha em mente que trata-se, nem mais nem menos, de simplesmente viver mais uma etapa natural da vida.

3. Conte com o apoio do seu médico

Ao longo de toda a vida, é importante fazer visitas regulares ao médico, e agora não é diferente. Um ginecologista não só te ajudará a manter tudo em ordem e certificar seu estado de saúde, como também pode te ajudar a lidar com qualquer sintoma que possa estar saindo de controle. Se você acha que as dores de cabeça, oscilações de calor e de humor, ganho de peso ou qualquer outra condição estejam muito fortes, discuta possibilidades de alívio com o médico.

4. Mantenha-se sexualmente ativa

Uma vida sexual ativa ajuda a manter a saúde vaginal em dia, além de garantir uma boa autoestima e satisfação pessoal. É claro que, caso sua libido tenha diminuído, você deve investir em possibilidades e métodos para regularizar a situação, lançando mão da ajuda ginecológica. Seu prazer deve vir em primeiro lugar.

5. A reposição hormonal pode ser uma aliada

Em alguns casos, se for recomendada pelo médico, você pode realizar uma reposição hormonal para equilibrar o quadro de hormônios, que se transforma drasticamente no período da menopausa. O tratamento, nesse contexto, pode ser sintético ou natural, e suas medidas são específicas para cada caso. O objetivo, aqui, é minimizar os sintomas de acordo com a forma como eles são sentidos, assegurando mais bem-estar e estabilidade.

Lembre-se: tudo vai correr bem

Não há motivos reais para se assustar com a menopausa. Com tranquilidade e apoio médico, é completamente possível se adaptar sem comprometer o bem-estar e a qualidade de vida.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ginecologista em Patrocínio e Patos de Minas!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp