pólipos endometriais

Entenda o que são os pólipos endometriais

Alguns cuidados são necessários tomar, tanto pelo profissional de saúde quanto pela paciente, em ginecologia. A ida regular ao profissional especialista vai favorecer a descoberta de problemas que se forem tratados desde cedo  oferecerão baixo risco à mulher, como é o caso do pólipo endometrial.

O que são pólipos endometriais?

Passa-se a saber da existência do pólipo endometrial através de um exame de rotina, como a ultrassonografia transvaginal. A formação dos pólipos endometriais decorre de uma propagação anormal das células do tecido endometrial, que é a camada de revestimento interno do útero.

Eles podem ser reconhecidos por seu aspecto flácido (mole), seu tamanho e sua quantidade, pois podem ser múltiplos ou apenas um. Os pólipos são encontrados na cavidade do interior do útero, em forma de uma saliência.

Os especialistas divergem um pouco em relação a como se dá sua formação no corpo feminino; alguns acreditam que surjam por causa de lesões preexistentes e outros afirmam que sejam causados devido aos estímulos hormonais, em casos nos quais a mulher teve alguma alteração hormonal, como as provocadas por diabetes, disfunções na tireoide, obesidade, além de outras condições.

Principais sintomas

É possível perceber os sintomas dos pólipos endometriais? Embora seja difícil reconhecer a existência dos pólipos endometriais na maioria das vezes, pois eles passam despercebidos, muitas pacientes descrevem sintomas que são associados à sua presença, sendo o principal deles o aumento exagerado ou anormal do fluxo menstrual (ou aqueles casos de fluxos irregulares, fora do período menstrual). Ainda deve-se observar:

  • A ocorrência de sangramento após as relações sexuais;
  • Dores na região pélvica ou incômodos desconhecidos;
  • Não conseguir engravidar (pois o pólipo de tamanho aumentado pode ocupar espaço na cavidade uterina impedindo as condições para a gravidez);

Sucedendo qualquer um dos sintomas citados acima, a mulher deve procurar a ajuda de um profissional que lhe dará as orientações adequadas para seu caso. Observar atentamente seu corpo, o fluxo de sua menstruação também ajuda na percepção de mudanças.

Tratamentos

Há tratamento para o pólipo endometrial? Pode-se sim tratar os pólipos endometriais, a partir da análise do seu tipo, da verificação da taxa de malignidade, que embora baixa, merece precaução. Felizmente, na maioria dos casos, os diagnósticos são de tumores benignos. O tratamento eficaz mais indicado é o cirúrgico, com a remoção do pólipo ou dos pólipos. No entanto, há pacientes com idade mais avançada e que não queiram mais engravidar, nas quais os sintomas são muito fortes, com mais intensidade, a sugestão é para remoção do útero, a chamada histerectomia.

Em qualquer casos, sempre o mais indicado é procurar logo um médico responsável da especialidade – o ginecologista – relatar cuidadosamente os sinais percebidos, fazer os exames necessários prescritos e providenciar o tratamento indicado pelo profissional de sua confiança.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ginecologista em Patrocínio e Patos de Minas.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp